Setembro é o mês do regresso às aulas. Com a entrada deste mês significa voltar aos livros, mochilas, material escolar, roupas e as contas disparam. As famílias portuguesas ficam muito ansiosas por preparar este regresso e fazem a contagem decrescente até que tudo esteja a postos para mais um ano lectivo. Por isso mesmo, elaborámos um guia com 5 passos para facilitar a vida da família inteira.

Esta fase do regresso à escola é um grande desafio para todas as famílias. Conseguir que tudo corra de forma simples e com o menor esforço no bolso, é uma aventura que todos os anos temos de enfrentar. Dos mais novos aos mais velhos, é sempre desafiante organizar o regresso à rotina depois das férias. Preparar tudo ao detalhe, com calma e ainda conseguir poupar é o que mais desejamos para entrar em Setembro com o pé direito.

Partilhamos aqui uma lista com 5 dicas essenciais que sugerem um passo a passo para seguir e preparar o regresso às aulas, poupando o máximo possível:

 

  • LISTAS: Listas, listas, listas! Para começar, pode fazer uma lista do que realmente precisa.

Para preparar o regresso às aulas dos mais novos aí em casa, em primeiro lugar deve enumerar tudo o que é necessário, com as respectivas datas em que tem de ter tudo pronto para o início da escola.

Listar tudo, seja em papel ou no telefone, vai ajudar a definir prioridades do que tem que organizar e também decidir o que realmente não pode faltar para arrancar o ano lectivo. 

Numa ida ao supermercado, os mais novos vão querer comprar tudo novo e por vezes acabam por comprar material que nunca vão utilizar. Como tal, a lista será o guia daquilo que tem mesmo de colocar no carrinho de compras.

 

  • INVENTÁRIO: Depois da lista feita, há que fazer a devida revisão. Quando foi a última vez que deu uma volta aos armários? 

Fazer um inventário de tudo o que tem em casa, incluindo roupa e calçado, é o caminho para o sucesso, que é como quem diz, poupança. Se fizer um inventário de tudo o que já tem em casa (material escolar, mochilas, roupa, calçado e acessórios), não só verá que tem algumas peças de roupa de que já não se lembrava e que ainda estão em bom estado, como poderá gerir melhor a lista da roupa e material escolar a comprar.

 

  • RECICLAGEM: Quando encontrar o que tem em casa, aproveite para reaproveitar o material escolar do ano passado. 

Relativamente a cadernos, mochilas, dossiers, canetas e estojos, muitas vezes basta uma limpeza para dar nova vida ao material escolar. Colar autocolantes, etiquetas, forrar ou coser tecidos são algumas das técnicas para mudar o aspecto dos materiais. As crianças vão adorar decorar os seus cadernos e dossiers. 

Um programa divertido de família, em que se juntam todos para ajudar e consegue-se renovar de forma fácil e com muita criatividade. Cada membro da família tem o seu gosto e irá personalizar o seu material escolar da forma que mais gosta. Uma dica-extra: pense já no próximo ano, quando for colar ou cortar os materiais. Um dos passos essenciais será rever se todas as canetas têm tinta e estão em bom estado para enfrentar um ano lectivo inteiro.

Em relação à roupa, utilizar pedaços de tecido, autocolantes, joelheiras e cotoveleiras podem ser o complemento perfeito para salvar a roupa das crianças, que pode ter alguns estragos do ano passado, e ficar como nova. 

 

  • LIMPEZA: Aquilo que já não usa, e que não foi possível reciclar, fica fora de casa. Tem muitos livros que os seus filhos já não usam? 

Livre-se do material e roupa que não utiliza mais, se nenhum membro da família, amigo ou conhecido o vier a utilizar, e entregue tudo nos locais próprios para este efeito. 

Por vezes, os cadernos não são utilizados até ao fim, por isso pode retirar as folhas utilizadas e dar-lhes uma nova utilidade. Algumas folhas podem servir de rascunhos, por exemplo.

 

  • SEGUNDA MÃO: E que tal dar uma nova casa ao material escolar?

É cada vez mais frequente dar uma segunda vida às canetas, estojos, cadernos, etc. Hoje em dia em vários sites espalhados pela Internet podemos facilmente encontram materiais de alunos que já não os utilizam e que estão dispostos a trocá-los ou vendê-los mais barato. E o melhor de tudo é que estão quase sempre em muito bom estado!

Por fim, depois de seguir estes 5 passos, estará tudo pronto para ir ao supermercado comprar só o que falta na lista. Vá às compras com alguma antecedência para ter tempo de escolher bem, e aproveitar os descontos e promoções seja no supermercado ou online.  Faça um orçamento e delimite o máximo que quer gastar.