Quem não tem a sorte de ter uma casa de férias perto da praia, por vezes tem dificuldade em escolher uma onde ir com a família nas férias grandes de verão ou mesmo nos fins-de-semana mais soalheiros. A pensar em todos os que se perguntam quais as melhores praias onde ir com filhos, a Comunidade Schindler investigou e apresenta-lhe aqui a derradeira lista, onde só incluímos, claro, praias com Bandeira Azul, a garantia de qualidade. Agora é só pegar na toalha, nos chinelos e nos óculos de sol – atenção, nada de se esquecer do protetor solar em casa! – e ir aproveitar um dia muito bem passado.

Praia de Moledo – Norte

Situada na freguesia de Modelo, concelho de Caminha, esta praia de areal branco estende-se por 350 metros e o acesso é feito por um caminho de terra que atravessa um pequeno bosque de pinheiros, que também serve de proteção contra o sol nas horas de maior calor. A Praia de Moledo é uma das mais populares da região Norte de Portugal, mas nem por isso deixa de ser sossegada – até porque muitas pessoas não suportam a sua água gelada. É famosa pelas qualidades terapêuticas das suas águas, devido à quantidade de iodo presente. A beleza da paisagem envolvente justifica a visita em qualquer mês do ano, e, para os amantes da prática de desportos aquáticos, é uma ótima opção a ter em conta.

Praia de Mira – Centro

Descendo no mapa até ao distrito de Coimbra, mas já perto de Aveiro, encontramos a Praia de Mira, outro extenso areal de mais de 7 quilómetros onde vai ter mais que espaço para estender a sua toalha e as dos seus filhos, para eles fazerem castelos na areia e para jogarem às raquetes. A Praia de Mira é a única da Europa que, ao longo dos últimos 33 anos, recebeu sempre a distinção da Bandeira Azul. Dispõe de vários bares e restaurantes espalhados pelo início do areal, mas não se preocupe que não diminuem a beleza do local. Há várias entradas para pessoas com incapacidades físicas, muitos chuveiros, casas de banho, caixotes do lixo com fartura e, acima de tudo, um areal e zonas circundantes impecavelmente limpos. No ano passado, tornou-se a primeira praia portuguesa com wi-fi grátis e, este ano, tem outra novidade à sua espera: será diariamente revelado o índice de radiação ultravioleta.

Praia de S. João da Caparica – Península de Setúbal

Uma das mais apreciadas praias da Grande Área Metropolitana de Lisboa fica no concelho de Almada e é o destino de eleição de grande parte das famílias que moram nas redondezas. Ao longo do seu extenso areal de 1,4 quilómetros, entre o Norte da Costa de Caparica e a Sul da Cova do Vapor, a praia de S. João da Caparica é muito procurada por todo o tipo de condições que tem para oferecer. Desde ondas de classe mundial a uma zona balnear de excelência. O verde da Mata dos Franceses, que a delimita à nascente, traz, por vezes, um perfume campestre até à praia. A Torre de São Lourenço ou Torre do Bugio é também um ponto icónico que merece uma visita após sair do areal.

Praias da Comporta e Carvalhal – Sul

A sul da Península de Tróia, estende-se um areal interminável até Sagres, dividido entre dezenas de praias e prainhas. Duas das mais concorridas pelas famílias, na zona do Alentejo Litoral, são a Praia da Comporta e a Praia do Carvalhal, ambas de águas calmas e areia fina e com um bónus que faz as delícias dos miúdos: os golfinhos nadam praticamente junto à praia e podem ser avistados quase diariamente. As praias não estão tão bem servidas de restaurantes e WCs como outras já referidas nesta lista, pelo que o melhor é levar uma geleira e cesta bem abastecidas com comida e água para o dia inteiro, porque garantimos que não vai querer sair cedo do areal.

Praia Verde – Sul

A terminar a nossa lista destacamos uma das “jóias” do Algarve: a Praia Verde é um recanto de paz e serenidade entre as multidões que enchem as vizinhas praias de Monte Gordo e Manta Rota, mas tem as mesmas águas quentes e cristalinas e a mesma areia branca e fina que se estende por um areal ao qual não se vê o fim. É um quadro perfeito, a que não falta a proximidade de Vila Real de Santo António e Castro Marim, concelho a que pertence, para uma escapadela gastronómica que lhe permitirá conhecer as delícias da cozinha algarvia.